Manifestações - Praça Santos Andrade

Ontem, fui na praça Santos Andrade com a intenção de ajudar um companheiro na produção de um VT. O foco seria a manifestação do movimento "Bicicletada", grupo contra o automóvel, mas ao chegar no local fui surpreendido pela galera do Umbanda. Umas 50 pessoas, todas vestidas de branco, gritavam e dançavam em prol da liberdade religiosa. Da praça, eles caminharam até a Boca Maldita. No caminho, deixaram fitas brancas em diversos locais da Rua XV. Antes de partirem, um cara, com mais ou menos 25 anos, que passava pelo local, disse baixinho "Desse jeito o Brasil não vai pra frente" e eu ouvi. Foda né? Não entendi o porque do comentário tosco. Não vejo problemas em manifestações que visem a liberdade. Mas, fazer o que né? O povo é assim mesmo.

No mesmo local, fiquei feliz ao ver um grupo de jovens estudantes gritarem mais alto que os umbandistas por um voto consciente. Os adolescentes reunidos nas escadas da Federal seguravam bandeiras com a frase "Eu Voto Bem" e paravam uma vez ou outra as pessoas nas ruas. Explicavam sobre a manifestação e instruíam os pedestres na escolha do candidato. Uma cartilha foi distribuída no local. Nela, informações relevantes sobre os critérios essencias a serem levados em consideração na escolha de um representante. Enfim, foi muito boa a iniciativa deles. Pequeninos e engajados politicamente.
Outra manifestação fez parte da manhã da Praça Santos Andrade. Cerca de 20 pessoas, 25 cachorros e uma banda gritavam, cantavam e latiam com objetivo de apresentarem a população a idéia de construir um hospital Veterinário. Tirando os latidos e a batucada dos tambores, a mensagem foi louvável.



É, o povo da bicicleta apareceu meia hora depois. Mas a bateria da maquina tinha acabado, então não tirei foto. Só como registro, cito aqui a frase dita pelo pessoal: Cadê sua bike?. O grupo pede melhores condições para os ciclistas. Querem ciclovias que liguem a cidade inteira. Na semana passada haviam tirado a roupa em forma de protesto. E olha, concordo com eles. Curitiba realmente precisa de uma melhor infra-estrutura para os ciclistas. Assim o trânsito tende a ficar menos feroz e a poluição diminuir.
Abraços, me liga.

4 Comments:

Talita Bridum said...

E cadê a foto do povo pelado?

Andre Luis said...

E eu esperando ver gente pelada hauhauhauah

Alana said...

Muito legal a foto e a manifestação tambem...isso ai igualdadee sempreee!!!=D

Daniel said...

É legal mesmo pensar na Praça Santos Andrade não como o "símbolo da cidade de Curitiba e do Estado do Paraná" como querem os conservadores elitistas, mas sim como o palco dos movimentos sociais paranaenses. Ela é ponto certo para encontro de manifestações populares, puxadas pelos irresignados com a sociedade injusta e desigual em que vivemos na cidade de Curitiba (e depois ainda há quem diga que Curitiba é "cidade-modelo"! só pra quem nunca visitou os bairros da periferia mesmo...). Vou te passar umas fotos do movimento do glorioso Centro Acadêmico Hugo Simas, que depois ficou conhecido como "Maio de 2008", também puxado na Pç Stos Andrade, na luta por professores em sala de aula! Excelente o post. Só esqueceu de me avisar que ia lá perto da faculdade... nem pra ir fazer uma visita! =P Abraços.